1º ANIVERSÁRIO DO CEP – CENTRO EVANGELÍSTICO DE PONTAL DO PARANÁ – RESGATANDO VIDAS

DSC00884

Nesta sexta-feira 18/04/2014 foi comemorado com grande estilo o primeiro aniversário do CEP – Centro Evangelístico de Pontal do Paraná, com uma maravilhosa feijoada preparada com muito carinho pelos diretores que fizeram a gentileza em servir a todos os convidados e internos.

O CEP vem realizando através do Claudinei, sua esposa e  diretores um trabalho de resgate de dependentes químicos, a comunidade hoje abriga 16 jovens que estão se recuperando com toda a assistência médica e espiritual.

Além de trabalhar a espiritualidade dos internos por meio da orientação de pastores e voluntários, a casa também busca reaproximar os internos da família.

Os internos são responsáveis pelas atividades diárias da comunidade, como cozinhar, lavar as roupas, cuidar da horta e dos animais que vivem na propriedade.

Nossos sinceros votos de prosperidade a esta comunidade, que vem desempenhando um trabalho social e humano, com certeza os caminhos de uma grande prosperidade já estão traçados pelas mãos de Deus, e que esta comunidade seja muito abençoada.

Estiveram presentes com suas famílias o Pastor Lenilton do Bola de Neve, Presidentes dos Conselhos de Políticas Públicas Sobre Drogas Alessandro Vivone de Paranaguá e Paulo Amódio de Pontal do Paraná, Fernando Silva do Comitê de Saúde Mental, vereador Nelson Mademar e tantos outros que abrilhantaram o evento com suas presenças,. Feriado de muitas bênçãos e alegrias.

PARABÉNS

CEP – CENTRO EVANGELISTICO DE PONTAL DO PARANÁ – RESGATANDO VIDAS

Pelo seu primeiro ano de vida e o  Compromisso com o ser humano

DSC00880DSC00890DSC00876DSC00888DSC00886DSC00874DSC00872DSC00892DSC00877

AUDIÊNCIA PÚBLICA DE POLÍTICAS SOBRE DROGAS EM PARANAGUÁ

DSC00868

O presidente do Conselho Municipal de Políticas Sobre Drogas, Alessandro Vivone encaminhou convite ao Presidente do Conselho de Pontal do Paraná Paulo Amódio e ao Vereador Nelson Mademar para colaborarem com a Audiência Pública que aconteceu quarta-feira feira passada dia 16/04/2014 as 19:30 horas no auditório da Câmara Municipal de Paranaguá com a presença do Delegado da Polícia Federal de Paranaguá, Presidente da OAB, Secretária Municipal de Saúde, Secretário Municipal de Segurança Pública, Presidente do Conselho Estadual de Políticas Públicas Sobre Drogas - SEJU e o anfitrião Presidente da Câmara Municipal de Paranaguá Marquinhos Roque

O objetivo da audiência foi viabilizar a implantação de políticas públicas sobre drogas em Paranaguá. Esta audiência pública é uma das audiências mais importantes realizadas nos últimos anos, principalmente, porque é alto o índice de pessoas dependentes de drogas em Paranaguá.

“Nossa participação é de suma importância neste evento, o Conselho de Políticas Públicas Sobre Drogas de Pontal do Paraná é parceiro do conselho de Paranaguá, no entanto que fomos convidados a participar das propostas, sendo que as propostas apresentadas no plano de Pontal é uma das mais objetivas e concretas para construção das Políticas Públicas, agora com o Nelson Mademar na Câmara de vereadores e sendo ele um articulador, defensor e adepto a construção de um trabalho voltado ao resgate de dependentes químicos e a ressocialização do ser humano, com certeza Pontal do Paraná sai na frente de muitos municípios no Estado do Paraná na prevenção e ressocialização e esta é uma das determinações e o compromisso do nosso prefeito Edgar Rossi”. Comentou o Presidente do Conselho de Políticas Públicas Sobre Drogas Paulo Amódio.

DSC00865DSC00864DSC00863

 

.

Pontal do Paraná recebe médicos cubanos

edgar cubaOs mais novos profissionais que farão parte da equipe de saúde de Pontal do Paraná, duas médicas e um médico. Chegaram ao município nesta segunda-feira (14) e foram recepcionados na Prefeitura Municipal pelo Prefeito Edgar Rossi, primeira dama Vanda Rossi e demais autoridades municipais.

Segundo a secretária de Saúde Sandra Machado este grupo – um homem e duas mulheres – foi contratado por meio do programa federal Mais Médicos e vai se dividir nas unidades do Programa Saúde da Família (PSF) da família.

Segundo o prefeito Edgar Rossi, com essa parceria o município só tem a somar nas unidades básicas de saúde. “Quero desejar boas vindas , esta é mais uma conquista na área da saúde fico muito feliz em recebe-los, estamos no caminho certo para um município em desenvolvimento e progresso”. Concluiu.

O Programa Mais Médicos faz parte de um amplo pacto de melhoria do atendimento aos usuários do Sistema Único de Saúde, que prevê mais investimentos em infraestrutura dos hospitais e unidades de saúde, além de levar mais médicos para regiões onde há escassez e ausência de profissionais.

Com a convocação de médicos para atuar na atenção básica de municípios com maior vulnerabilidade social e Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEI), o Governo Federal garantirá mais médicos para o Brasil e mais saúde para você.

Assessoria de Comunicação
Prefeitura Municipal de Pontal do Paraná

Documento mostra quanto ex-diretor da Petrobras cobrava das empresas

Vários documentos da operação Lava Jato mostram os negócios do ex-diretor Paulo Roberto Costa com empresas que têm contratos com a Petrobras. Em planilhas, ele deixava claro o valor das comissões que cobrava de cada uma.

Nas anotações de Paulo Roberto apreendidas pela Policia Federal , aparecem os nomes de várias empresas que têm contrato com a Petrobras e para as quais Paulo Robero prestava serviços. Nas tabelas aparece a porcentagem que ele receberia de cada empresa, caso conseguisse fechar contratos para elas.

O Fantástico mostrou neste domingo (13) que uma dessas empresas, a Astromarítima, assinou com a Petrobras, em outubro do ano passado, seis contratos de serviço de fretamento de embarcações, no total de, aproximadamente, R$ 490 milhões.

Em anotações, Paulo Roberto diz que a comissão que ele receberia da Astromaritima seria de 5% do valor bruto até o limite de R$ 110 milhões mais 50% sobre o montante que passasse desse valor.

Novos documentos mostram que neste contrato, Paulo Roberto não estava sozinho. Ele iria dividir a comissão com Raul Motta, dono da Energio, uma empresa de geração de energia eólica com sede no Rio de Janeiro.

A polícia apreendeu e-mails trocados entre eles. Em 6 de novembro de 2012, Motta encaminhou para Paulo Roberto uma minuta de contrato da Costa Global com a Astromarítima.

A relação de Paulo Roberto Costa e de Raul Motta vai além dos negócios envolvendo a Astromarítima. Este ano, os dois também se tornaram sócios em um novo empreendimento para instalação de uma refinaria em Sergipe. Um negócio de R$ 120 milhões.

O deputado federal Francisco Franceschini que é da comissão externa da Câmara que investiga contratos da Petrobras com a empresa SBM, da Holanda, disse que vai convocar Raul Motta para depor na comissão. O deputado pediu nesta segunda à Polícia Federal que investigue os contratos da Petrobras com a Astromarítima.

“Ninguém paga 50% de consultoria para uma empresa, para mim é simulação de propina ou a gente tem novamente um caso grave de irregularidade na Petrobras”, afirmou o deputado Fernando Franceschini, do Solidariedade.

Em nota, a Astromarítima disse que há mais de 30 anos tem contrato com a Petrobras e que jamais recebeu ou ofereceu qualquer proposta escusa. A nota diz ainda que o contrato com Paulo Costa foi para intermediação de venda de ações, mas que a negociação não prosperou.

O advogado de Paulo Roberto negou qualquer irregularidade na relação do ex-diretor da Petrobras com a Astromarítima. “Paulo Roberto estava tentando vender a empresa, tentando investidores para a empresa não intermediou nenhum contrato entre essa empresa e a Petrobras”, declara Fernando Fernandes, advogado de Paulo Roberto.

Em nota, Raul Motta disse que apresentou Paulo Roberto Costa a um dos acionistas da empresa Astromarítima, a pedido de um amigo. Segungo Raul Motta, a empresa estava à procura de investidores e queria contratar Paulo Roberto para fazer a negociação. Raul Motta disse ainda que não recebeu nenhuma remuneração.

Acusados de assassinar delegado Zuba vão a júri popular nesta segunda dia 14

Está marcado para a próxima segunda-feira (14) o julgamento dos dois acusados pela morte do delegado José Antonio Zuba de Oliva, .  O delegado foi morto durante uma operação realizada em um camping do Balneário Shangri-lá no ano de 2010.

Francisco Diego Vidal Coutinho, vulgo Russinho, e Paulo Roberto Pereira Quintal, vulgo Tutancâmon vão a júri popular pelo crime de homicídio qualificado, quando se tem a intenção de matar

Segundo   o investigador Cláudio, que trabalhou dois anos com o delegado Zuba, a expectativa é a de que a justiça seja feita e que os acusados peguem uma condenação boa. “

imagesO   delegado Zuba foi morto ao verificar denúncia de um grupo suspeito dentro do camping. Acompanhado de um funcionário da prefeitura e de investigadores, eles foram recebidos a tiros. Zuba morreu na hora, com tiros de metralhadora e pistola. Outro funcionário da prefeitura ficou gravemente ferido, morrendo no hospital. O grupo fugiu nos dois carros

Os dois acusados que vão a julgamento  estavam foragidos da penitenciária de Bangu 4 do Rio de Janeiro na época do crime. Coutinho já respondeu por duplo homicídio.

 

Miro Ferraz