Vereador NELSON MADEMAR faz desafio público para debate ao Prefeito

O Prefeito Gimenes utilizou a fracassada Semana do Meio Ambiente para, diante da comunidade, deturpar fatos, inverter números e, com o uso de uma cartilha mentirosa e tendenciosa, procurar direcionar à Câmara Municipal as mazelas advindas de sua incompetência administrativa.

Não sabendo como investir a excelente arrecadação de nosso Município, que ultimamente vem sendo usada apenas para pagar comissionados fantasmas e condenações judiciais sofridas, o Prefeito inutilmante tenta atrelar a falta de limpeza nas ruas, o corte do transporte escolar ou o caos da saúde pública ao numerário constitucionalmente repassado todo mês à Câmara Municipal.

Diante de todas essas barbaridades, dirigi-me a um cartório e fiz uma declaração pública propondo um debate, perante à comunidade, ao Sr. Prefeito.

Até agora, não obtive resposta.

Quem não deve, não teme.

Forte Abraço!

Anúncios

Deputado Ney Leprevost cobra reabertura de Posto de Saúde 24H de Shangrilá

Deputado Ney Leprevost, ao lado de Beto Richa, é outro influente político que vem cobrando sistematicamente a reabertura do Posto 24H, de Shangrilá

Em atendimento a pedidos da população de Pontal do Paraná, a Comissão de Saúde, presidida pelo deputado Ney Leprevost, está cobrando do Governo do Estado, a reabertura do posto de saúde 24h do Balneário de Shangrilá.

Segundo a população, o posto de saúde só funciona na temporada de verão, após este período, os moradores precisam deslocar-se para as localidades mais próximas, que são Praia de Leste ou Paranaguá.

“Os moradores de Pontal do Paraná tem direito à saúde e a um atendimento adequado. O deslocamento para o posto de saúde mais próximo, muitas vezes pode comprometer o tratamento das pessoas. A Comissão de Saúde está pressionando a Secretaria Estadual de Saúde para que se sensibilize e resolva o problema”, afirma Ney Leprevost.

É mais um Deputado que passa a empunhar nossa bandeira na luta pela reabertura do Posto 24h de Shangrilá.

Forte Abraço!

População reclama de transporte coletivo

Há algumas semanas encaminhei um ofício ao DER reivindicando uma maior fiscalização sobre o transporte público explorado em Pontal do Paraná, em que os ônibus trafegam com lotação exagerada e muitas vezes sequer param nos pontos.

A situação, cada vez mais insustentável, ganhou destaque na imprensa paranaense.

Deu no http://www.parana-online.com.br/editoria/cidades/news/452187/?noticia=POPULACAO+DO+LITORAL+RECLAMA+DO+TRANSPORTE+COLETIVO

População do litoral reclama do transporte coletivo
Newton Almeida

Moradores dos municípios de Pontal do Paraná e Paranaguá, no litoral do Estado, reclamam da qualidade do serviço de transporte coletivo na região. Os maiores problemas relatados são o excesso de passageiros e o pouco número de veículos nas linhas.

Ontem, ao abordar um dos ônibus que fazem a linha Pontal do Paraná-Paranaguá, a Polícia Rodoviária Estadual (PRE) precisou autuar o condutor devido ao excesso de passageiros que transportava.

De acordo com a PRE, o condutor foi autuado por infringir o artigo 231, inciso 7.º, do Código Brasileiro de Trânsito. Segundo a PRE, o número de passageiros que viajavam em pé (72) excedia o limite de 46.

A polícia só liberou o veículo depois que 26 pessoas desceram do ônibus e a Viação Marumbi responsável pela administração da linha disponibilizou um veículo extra para atender aos passageiros.

A dona de casa Maria de Fátima Tussolino afirma que o excesso de passageiros é uma rotina nos ônibus da linha. Segundo ela, além do desconforto, o problema coloca em risco a segurança dos passageiros.

“Isso é uma grande falta de consideração da empresa com os passageiros. Fizemos um abaixo assinado que encaminharemos para a direção da empresa”, diz.

O diretor da Viação Graciosa, José Nolar, conta que trata-se de uma linha de perímetro urbano, sendo que os veículos têm características metropolitanas e não rodoviárias. Por tanto, ele explica que existe a possibilidade do transporte de passageiros sentados e em pé.

“Se essas características fossem alteradas, com apenas passageiros sentados, a tarifa aumentaria para viabilizar a linha”, diz. Quanto aos horários dos ônibus, Nolar afirma que foram estabelecidos horários compatíveis com a demanda.

08/06/2010: Vereador Valdevino critica a postura da atual Administração

Vereador Valdevino, em aparte ao meu pronunciamento, na sessão do dia 08/06, teceu severas críticas à forma como o Prefeito Gimenes vem tratando a saúde pública local, sobretudo no que toca ao fechamento do 24H de Shangri-lá, e, ao final, noticia que denunciou atos de corrupção de um certo Secretário ao Prefeito, que nada fez até hoje.