PREFEITO MUNICIPAL …… SEMPRE NA CONTRA MÃO

Em junho do ano passado denunciei que os pontalenses tinham que se deslocar para cidades vizinhas para conseguir ter a carteira de trabalho. https://nelsonmademar.wordpress.com/?s=carteira+de+trabalho

Alguns meses depois o problema foi resolvido, pois finalmente o prefeito autorizou o Secretario Casquinha a adquirir o kit carteira de trabalho, do Ministério do Trabalho, pela bagatela de R$ 800,00 (oitocentos reais). Isso mesmo, por esse valor ficamos um ano e meio sem emissão de carteira de trabalho.

QUANDO ACHEI QUE ESTAVA RESOLVIDO

Agora, com as obras civis da Techint com todo  vapor e a expectativa de contratação de quase 5.000 empregos, novamente a Secretario de Ação Social e Trabalho nao está emitindo carteiras.

Agora pasmém pelo motivo : è que a servidora  concursada que há mais de oito anos executava  esse serviço, por ordem do prefeito,  foi transferida para outro setor. E um novo ser servidor esta fazendo um treinamento em Curitiba,  e enquanto isso novamente nossa população tem que procurar municipios vizinhos.

É uma incoerencia absurda tal procedimento, é falta de sintonia do poder público municipal com as necessidades do povo.

 

ONIBUS AMARELO DUBLE

Em outubro de 2010, efetuei uma postagem : https://nelsonmademar.wordpress.com/2010/11/08/o-que-esconde-o-famoso-onibus-amarelo/, manisfestando minhas dúvidas sobre esse onibus.

Depois disso o  prefeito por decisão judicial, foi nomeado depositário fiel, até a conclusão do processo, onde ele e Eriner Martins afirmam ser  donos do amarelão. Mas no documento consta Eriner como proprietário. Entretanto  na sua prestação de contas na Justiça Eleitoral, o prefeito declarou que pagou aluguel do onibus para Eriner.

Mas  semanas atrás descobriu-se que o prefeito, utilizando de um procurador – o empreiteiro Jatobá – transferiu o amarelão para seu nome. Embora Eriner nunca tenha assinado a transferencia.

Diante dessa TRANSFERENCIA FRAUDULENTA, o Juízo da Comarca de Matinhos, determinou a anulação, retornando para o nome do Eriner Martins,  bem como determinou  a busca e apreensão do onibus.

Mas pior que isso tudo, aconteceu quando o Oficial de Justiça foi cumprir a ordem judicial de busca do amarelão. Pasmém, apareceu dois onibus.

Um no barracão de propriedade do prefeito(duble?) , na PR-407, onde por coincidencia funciona  a firma do empreiteiro e procurador Jatobá,  e outro onibus amarelo na páteo da secretaria de obras em Ipanema, totalmente depenado.

Diante desses fatos, minhas dúvidas em relação a esse onibus se multiplicaram.

DIÁRIO OFICIAL SUMIU

Estamos chegando no final do mes de janeiro de 2012 e o último diário oficial do municipio que foi publicado refere-se a primeira quinzena do mes de novembro de 2011.

Esse expediente de atrasar a publicação do diário oficial é uma constante da atual administração. No ano passado quando solicitei uma certidão sobre o atraso, no prazo de resposta – 10 dias – o prefeito fez circular 05 edições do diário.

Esses constantes atrasos certamente são de propósito e para beneficiar interesses escusos.

TECHINT : OBRAS CIVIS A TODO VAPOR

As obras para construção do canteiro da Techint em Pontal do Paraná estão a todo vapor.

A previsão é que elas estejam concluídas até final de março proximo, quando então se inciarão as obras de construçao das plataformas.

A expctativa da vinda da quase 5.000 empregos anima os comerciantes proprocianando aquecimento nas vendas, principalmente fora da temporada.

Tenho cobrado constantemente do poder executivo , melhorias na infra estrutura do serviços públicos municipal para atendimento dos nossos moradores e desse contingente que virá em função da Techint. Especialmente na saúde e educação, mas infelizmente nada ainda foi feito.

 

PREFEITO AFINOU

O prefeito mandou telefonar para  a esposa do Sr Artur( Paraiba), para devolver as mercadorias apreendidas ilegalmente pelo Diretor ditador Tinoco, que cumpria ordens do prefeito perseguidor.

No final da tarde no Palacio Amarelo, diante de alguns servidores e contribuintes o diretor ditador devolveu  as mercadorias, e tentou se explicar, ouvindo poucas e boas.

Mas nessa tarde fui na praia verificar algumas denuncias de ambulantes. Lá pude presenciar,   alguns vendedores de coco usando facão, vendedores ambulantes vendendo óculos, roupas, etc. e outros sem licença e sem  uniformes.

Constatei que os  ” ambulantes ” que estavam nessa situação, nenhum é morador de Pontal do Paraná.

Então o Senhor Prefeito aplica os rigores da lei e excessos contra os moradores e fecha os olhos diante dos que veem apenas na temporada, concorrem com nosso povo de forma desleal – com a benção do prefeito – e depois retornam as suas cidades.

Não adianta reclamar na Associação do Ambulantes, pois o presidente é servidor comissionado do Prefeito.