Operação policial prende 415 pessoas em todo o Estado

OPERAÇÃO LIBERDADE.A Polícia Civil desencadeou nesta quarta-feira (27/03) mais uma etapa da Operação Liberdade, em todo o Paraná. Quatrocentas e quinze pessoas foram presas. Destas, 194 são suspeitas de envolvimento com o tráfico de drogas e os demais por outros crimes. Foram apreendidos 49 armas de fogo, 59 quilos de maconha, 13 quilos de cocaína e 2,8 quilos de crack.

A Operação teve a participação de 374 policiais civis da Divisão Policial do Interior (DPI) e da Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc), além do apoio de policiais militares. “Esta nova etapa da Operação Liberdade demonstra uma Polícia Civil atuante que, em parceria com a Polícia Militar, identificou e tirou das ruas diversos traficantes”, afirmou o secretário de Estado da Segurança Pública, Cid Vasques.

“É um golpe muito forte contra os marginais de todo o Estado”, disse o delegado-geral da Polícia Civil, Marcus Vinícius da Costa Michelotto. Segundo o delegado-titular da DPI, Julio Reis, operações como esta que vem sendo feitas desde o início do Programa Paraná Seguro, e têm atingido resultados progressivos. “Eles estão crescendo não só em quantidade, mas principalmente na qualidade das investigações”, disse.

O delegado titular da Denarc, Riad Farhat, disse que as prisões dos pequenos traficantes ajudam em muito no combate aos crimes contra a vida, que são prioridade para o Departamento da Polícia Civil. “Prendendo os pequenos traficantes, estamos evitando que homicídios, comuns nesse meio, aconteçam. Geralmente esses homicídios ocorrem quando há disputa por pontos de drogas e quando há dívidas do usuário”.

TERCEIRA ESTADUAL – Envolvendo todo o Estado, já foram realizadas duas etapas da operação. A primeira delas em 31 de agosto de 2011 prendeu 251 pessoas, além da apreensão de 250 quilos de maconha, 30 quilos de crack, armas e munições. No dia 31 de maio do ano passado, outra etapa estadual da Operação Liberdade prendeu 346 pessoas. Houve apreensão de 298 quilos de drogas e 46 armas.

Na etapa da operação que aconteceu nesta semana, 1.º Subdivisão Policial (SDP) – Paranaguá – realizou 25 prisões e a apreensão de 01 arma de fogo.

Por AEN

BANDA SUJA DA IMPRENSA

imprensa sujaInfelizmente, existe uma parcela de profissionais da imprensa, que mancham a historia de luta e valores, dos que com honra defendem os direitos da coletividade.
Existem profissionais, alias que se intitulam, que são meros canalhas, que util…izam dos seus meios de comunicação, para extorqui prefeitos e outros políticos, levando suas falsas publicações ao conhecimento da população, com um só intuito, extorquir. Dedicam-se unicamente, em denegrir a imagem de suas vitimas, causando um mal estar entre amigos e famílias, procurando jogar sempre um contra os outros. Existem esses canalhas em todas as partes, mas aqui em Pontal do Paraná é uma lastima, mas os dias desses imbecis estão contados, a justiça tarda mais não falha. É claro que os que se comportam assim, já são conhecidos pela população, que inteligentemente, sabe separar o ´Joio do trigo´.
Fazer de um Blog e do Facebook, um instrumento de perseguição e de extorsão é coisa de bandido. Essa mesma imprensa que pratica extorsões pode também ser fiscalizada, e será, pois se comportam de forma desonesta e criminosa, para obter lucros financeiros, através de extorsões.  Adianto ainda que só não cito o nome deste jornal e Blog apócrifo, para não ofender as famílias de bem de Pontal do Paraná, mas é fácil, jornal que publica em sua capa a pedido do Ex-prefeito, um cidadão morto no sofá de sua residência (Valmor) para obter votos é no mínimo uma insensatez e falta de respeito com a família.
E vamos mais adiante, o perfil deste criminoso, não tem muita credibilidade, é só analisar a conduta familiar que já se chega a uma conclusão. São nos princípios e conduta de família que se julga a personalidade de um ser humano. Coisa que esse crápula nunca teve, “Princípios da Moral e dos bons Costumes da Vida”.
Sueli Ladeia poe suja nisso!!!
Fonte Facebook

Traficante preso pela Guarda Municipal em São José dos Pinhais

são joseApós dois meses de investigação, a Divisão de Inteligência da Guarda Municipal de São José dos Pinhais prendeu Leandro José Pastro Pereira, 22 anos. Ele é acusado de tráfico de drogas e foi denunciado pela população.

O jovem foi abordado  na Vila Idalina, onde morava. Ele foi flagrado com cerca de três quilos de maconha, uma balança de precisão e R$ 347 em dinheiro trocado. Leandro confessou que a droga era para a venda, porém, não revelou de quem recebeu. O detido foi encaminhado à delegacia de São José dos Pinhais, onde foi autuado em flagrante.

BANDA PODRE DA IMPRENSA PATROCINADA PELO NARCOTRÁFICO ESCONDE FUGITIVO DA POLÍCIA

VEJA PUBLICADO NO BLOG FOLHA DE PONTAL:

Agora Nelson da Mademar insinua que o jornal é patrocinado pelo trafico, quando na verdade  ele sabe  o  irmão da criança que sofreu tentativa de assedio  é um elemento da mais alta periculosidade, com diversas passagens pela policia, inclusive com mandado de prisão por duplo homicídio e outros  crimes em Pinhais. Ele já avisou que só vai se entregar a policia quando acertar a contas com o tarado que  tentou atacar sua irmazinha no portão da casa da mãe dele. Aliás, acho que Mademar se não olhou deve dar uma olhadinha na qualificação do irmão da criança que prestou depoimento no inquérito policial que tramita na delegacia de Ipanema a pedido da Vara da Infância e Juventude da Comarca de Matinhos.  O irmão da vitima foi ouvido no inquérito policial pelo saudoso delegado Zuba que investigava o caso, antes de ser assassinado pela quadrilha carioca. Como na cadeia bandido não perdoa pedófilos é mais um motivo de preocupação para essa escoria da sociedade que detesta Conselho Tutelar que serve para proteger e amparar nossas crianças.”

Essa denúncia foi protocolada por uma “mãe” na Vara da Criança e Adolescencia na Comarca de Matinhos sendo aberto inquérito, tão logo Ministério Público se manifeste e seja aberto processo judicial, poderei aqui revelar detalhes (com documentos) dessa absurda armação praticada com participação desse “jornalista”.

 No momento  isso tramita sob segredo de Justiça, embora esse “jornalista”  já tenha me julgado e condenado através de suas postagens.  Quando o que estiver contido nesse inquérito puder ser divulgado a máscara desse “jornalista” achacador cairá.

Desesperado porque suas ameaças e postagens absurdas não deu resultado, ou seja, ainda não fiz “um acerto” com ele, continua me atacando implacavelmente. E certamente enquanto a Justiça não determinar, ele não vai parar. Não vai poupar argumentos ou valores. Alias o único valor que ele tem é $$$$$$$$$$$.

Vou publicar uma séries de postagens dele atacando esse ou aquele e depois passado algum tempo, após “conversa” passou a elogiar quem  até então ele atacava.

 

 

 

 

 

RADIO CIDADÃ PODERÁ VOLTAR

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Parece que a Radio Cidadã voltara a funcionar novamente na Câmara Municipal.

Depois que inexplicavelmente ficou fora do ar por mais de 2 anos, tomara que essa informação seja verdadeira.

Após entrar no ar em  14 de abril de 2009, em poucos dias a audiencia já era surpreendente (foto) .Ficava 24 horas no ar com música, noticias, entrevistas  e informações que interessavam a comunidade.

Mesmo assim, na ocasião, fomos alvos de muitas críticas por uma minoria que não queria a população nem informada, veja matéria –  https://nelsonmademar.wordpress.com/2010/05/05/radio-cidada-supera-as-expectativas-e-leva-prefeito-gimenes-ao-desespero-total/

Tomara que volte com o mesmo sucesso.

A RAPOSA TOMANDO CONTA DO GALINHEIRO

Consta no Relatório Preliminar N. 002/2009, do Tribunal de Contas do Estado do Paraná, os desmandos ocorridos com as finanças públicas do município de Pontal do Paraná.

Nesse minucioso relatório, fica comprovada a falsificação do Orçamento de 2008 num acordo escuso entre o ex-presidente da Câmara e o Prefeito Rudisney Gimenes, que juntos orquestraram o esquema das diárias.

Os valores dessas diárias totalizaram R$ 751.303,50, entre 22/03/07 a 03/06/2008.

Dentre tantos absurdos contidos no relatório, um merece uma atencão especial:

somente num dia, 24/03/08, foram emitidos trâs empenhos

160/08 – 4.196,00 – credor Jose Augusto Rodrigues  – valor R$ 4.196,00

162/08 – 4.196,00 – credor Jose Augusto Rodrigues – valor R$ 4.196,00

163/08 – 4.196,00 – credor Jose Augusto Rodrigues – valor R$  4.196,00

 

O total de diárias do Sr. Jose Augusto foi de R$ 89.589,00, cujo cargo era o de Controlador Interno da Camara Municipal de Pontal do Paraná, ou seja a raposa tomando conta do galinheiro.

Ao controlador cabia o dever de evitar que esses desmandos ocorressem.

Quando a casa caiu, numa tentativa de livrar o couro, em 06/11/08, atraves de protocolo 57879-2/08, o zeloso servidor comunicou o Tribunal de Contas do Paraná.

O Sr Jose Augusto, fique bem frisado, somente denunciou porque o ex-presidente parou de lhe repassar recursos escusos atravás de diárias frias.

Agora, ele me escolheu como alvo no seu blog porque está acostumado a ganhar muito dinheiro extorquindo politicos e nao consegue viver com os R$ 1.500,00, que recebe de um politico otário para nao ser detonado.

Diárias, falsificação de orçamento, jornalecos… GIMENES E ZÉ AUGUSTO, UMA PARCERIA ANTIGA…

É o cão chupando manga!

 

23 de abril de 2010

A CARAPUÇA SERVIU…………..

PUBLICADO NO BLOG FOLHA DE PONTAL DO PARANÁ:

“Se de fato o jornaleco que o blog do Mademar denuncia possuir nota fiscal falsa, além do prefeito Edgar Rossi (PHS) e o vice-Danilo Garbellotti (PPS), a Justiça Eleitoral terá que cassar o Presidente Beto Silva (PTB), o vereador Osni Ceará (PPL), o vereador André Camargo (PV), o vereador Valdevino Simões (PR) e as vereadoras Nega (PRTB) e Rosilene (PSDB) e por tabela o segundo suplente de vereador Márcio Louco que anda  mais doido ainda por uma cadeira. Todos eles juntaram no processo de prestação de contas, feita a Justiça Eleitoral, a nota fiscal que o ex-vereador Mademar afirma ser falsa.  Isso sem contar que a denúncia pode abalar o Procurador Geral do Município é Controle Interna da Prefeitura que andaram contratado o jornaleco quando estavam na Câmara Municipal”.

AGORA É A CENOURA QUEM VAI COMER O COELHO

Nunca afirmei que que o Jornal Folha de Pontal usou nota falsa, O que publiquei é que usaram o nome de uma profissional por mais de dez anos sem ela autorizar. clique aqui, digitalizar0001. isso sim é crime.

Agora querer alegar que as pessoas que pagaram e receberam a nota que ele diz que pode ser falsa, poderão ter seus mandatos cassados é uma aberração. Quer inverter os fatos, ou seja ” é a cenoura comendo o coelho”

Por falar em Coelho, tenho certeza que esse nome não lhe tráz boas lembranças.

NOTA ESCLARECIMENTO

O “jornalista” quer insinuar que quando fui Presidente tenha contratado sua empresa para prestar serviços para Câmara. Esclareço que nos dois anos que fui gestor não há qualquer contrato firmado com a empresa Folha de Pontal do Parana Ltda.

FALSIDADE IDEOLÓGICA

Venho sendo atacado sistematicamente pelo “jornalista” que assina o blog Folha de Pontal do Paraná.

Por trás dessa onda de ataques há muitos interesses escusos em detrimento da comunidade de Pontal do Paraná.

Na verdade, essa banda podre da imprensa acredita que agindo assim vai conseguir desestabilizar e inviabilizar a implantação da Guarda Municipal. Segundo boatos o “jornalista” estaria sendo  financiado por  pessoas ligadas ao narcotráfico, e por isso estaria defendendo-as.

Também me acusa de desrespeitar mulheres  nas minhas postagens, substeminando  a capacidade de interpretação dos  leitores pois isso nunca ocorreu nas minhas postagens.

Acusa de ter agredido minha ex-esposa em 2003 mesmo sabendo dos problemas de saúde que ela enfrentava na época. Também sabe, que na oportunidade para evitar utitilização política, foi efetuado exames de corpo delito no IML de Paranaguá, que apenas uma constatou  uma contusão de 1,3 mm (mílimetro) no braço esquerdo. Pela acusação do “jornalista” devo tê-la atacado com um palito de dente. Salientando que a contusão era um mancha de cor roxa, então o palito era sem ponta.

Por mais de dez anos o “jornalista”, usou indevidamente o nome de uma profissional no seu jornaleco sem conhecimento do profissional, isso sim é desrespeito e crime.

Clique digitalizar0001 e confira.

Ele chama isso de denodo, não sabia que falsidade ideológica tinha mudado de nome.