POLÍCIA MILITAR DESCOBRE ARSENAL DE GUERRA NO BALNEÁRIO CANOAS

Quatro carabinas, vasto material para recarga de armas como pólvora e chumbo, diversas munições de calibres diferentes (inclusive de fuzil), e até peças do fardamento de verão da Polícia Militar do Paraná foram localizados na madrugada desta sexta-feira (25/12) em posse de um homem de 39 anos em Pontal do Paraná, litoral do estado. Ação é dos policiais militares atuantes no “Verão Paraná 2015/2016”, e iniciou-se com um chamado via Central 190.

De acordo com o Comandante de Policiamento de Unidade (CPU) do dia, da subárea I – Pontal do Paraná, aspirante Michel Kaiel, a chamada via 190 era referente à ameaça por arma de fogo, e foi recebida por volta das 4h50. “Imediatamente seguimos ao local, no Balneário Canoas e encontramos o cidadão suspeito na frente da casa indicada, na rua Caboré, onde o abordamos”, conta. Em seguida todo o material foi localizado na casa, dividido pelos cômodos.

pontal do parana, 26 de Dezembro de 2015prisao de individuo que possuia em posse, armas de fogo de varios calibres, muniçoes materias para recarga de cartuchos e objetos de caça. Foi detido logo apos ameaçar vizinhos

Material apreendido pelos policiais (Foto: Divulgação)

“A residência estava repleta de munições, materiais para recarga, armas e outros objetos. Foi um trabalho árduo, tendo em vista que o material estava escondido em diversas partes da residência, algumas sobre o armário”, explicou. “O que chama a atenção é o número de munições e os calibres, alguns restritos às forças armadas”, relata o aspirante.

As supostas vítimas reconheceram o ameaçador ainda no local da ocorrência e seguiram à Delegacia de Ipanema para formalizar o fato. “Outro fato que chama bastante a atenção são as peças do fardamento encontradas, pois são restritas aos policiais militares e não podem ser utilizadas por outras pessoas, agora a Polícia Civil vai investigar como as peças chegaram até ele”, informa Kaiel.

Participaram da ação de prisão e apreensão, policiais militares dos 7º, 13º, 3º batalhões de área e do Batalhão de Polícia de Guarda (BPGd) atuantes no “Verao Paraná”, na subárea Pontal do Paraná.

MATERIAIS APREENDIDOS – Na casa foram encontrados as seguintes munições: calibre 16 (duas intactas); calibre 24 (cinco intactas e 13 deflagradas); calibre 28 (sete intactas é uma deflagrada); calibre 32 (duas intactas e quatro deflagradas); calibre 36 (duas intactas e uma deflagrada); calibre 357 (uma intacta); calibre .38 (oito intactas e 52 deflagradas); calibre .762 (uma intacta); calibre .25 (três intactas);

CAMPANHA EDUCATIVA DE VERÃO

O Departamento de Trânsito do Paraná (Detran-PR) divulgou nesta semana um vídeo com uma campanha educativa de verão, com a intenção de mostrar aos motoristas o risco de dirigir alcoolizado.

Sem saber, turistas que estão no ferryboat, fazendo a travessia Caiobá/Guaratuba, são surpreendidos por um capitão bêbado no comando da balsa. A intenção é mostrar que no Brasil 290 mil pessoas dirigem alcoolizadas todos os dias e, no verão, o número aumenta ainda mais. A comparação é para mostrar que, se as pessoas não confiam em apenas um capitão de balsa bêbado, por que confiar em motoristas bêbados?

ASSISTA VÍDEO:

http://www.bandab.com.br/jornalismo/em-campanha-educativa-de-verao-detran-faz-travessia-insegura-no-ferryboat-assista/#

 

GUARDA MUNICIPAL AUXILIA DEFESA CIVIL

GCM defesa civil
Mais de 30 famílias  pediram socorro pelo telefone 3972-7089 e receberam apoio da Guarda Civil Municipal  para a retirada de móveis e para se abrigar em casas de amigos.  Embora o nível da agua do canal extravasor tenha baixado muitas áreas continuam alagadas.
Apesar do momento delicado além do  trabalho de remoção de móveis e de pessoas,  a Guarda Municipal tem procurado levar um apalavra de conforto a essas famílias.
A dona de casa Rosângela dos Santos, mora com os 2 filhos no balneário Grajaú, precisou sair de sua casa e foi abrigada na sede da Guarda Municipal onde passou a noite com os filhos  Ela perdeu todos os gêneros alimentícios e parte da mobília.  Está necessitando  de 02 colchões de solteiro um de casal, cobertas e 3 travesseiros. Ela explica que preferiu sair pela segurança delas e dos filhos. “Se eles vieram me ajudar aqui prefiro aproveitar e sair logo, antes que fique pior ainda mais” afirmou.
Ao final Dona Rosângela disse  “Deus proverá”
Quem puder ajudar as famílias necessitadas poderá ligar para o telefone 3972-7089 que a Guarda Municipal irá recolher a colaboração.
GCM defesa Civil 1
GCM - Defesa Civil 3GCM - defesa civil 4GCM - DEFESA CIVIL 8GCM - Defesa civil 9GCM defesa civil 4gcm defesa civil 5GCM defesa civil 6GCM defesa civil 7

Choveu “um mês” neste final de semana nas praias

Todo mundo já esperava um dezembro chuvoso no Litoral do Paraná, mas nada que se compare ao que aconteceu nas praias neste final de semana.

Em setembro, os meteorologistas já informavam que uma primavera chuvosa, principalmente em dezembro, com precipitação entre 190 e 280mm no mês todo. A previsão para o verão, divulgada pelo Instituto Simepar na semana passada, já atualizou os dados, e apontava que poderia chover até 350mm.

Pois choveu perto disto em apenas 36 horas – as chuvas mais intensas começaram depois das 17h de sábado. Às 5h da manhã desta segunda-feira (21), o volume acumulado de chuvas chegou a 319mm em Pontal do Paraná, 289mm na margem norte da baía de Guaratuba, 207 no Centro de Guaratuba, e 286mm no Centro de Matinhos. As informações são do Simepar.

O resultado foi alagamento generalizado. Nas redes sociais, a população culpou os poderes públicos por falta de obras e manutenção. De fato, o Governo do Paraná vem reduzindo há quatro temporadas os serviços de drenagem de rios e canais. Mas, mesmo que fossem mantidos regularmente, eles não superariam as condições naturais, sobretudo o relevo, das praias do Paraná.

Os canais de drenagem foram construídos a partir da década de 1970 próximos ao mar em toda a região e foram o que permitiu a criação de loteamentos onde eram áreas alagáveis ou de restinga. Boa parte dos balneários ficam em antigos mangues ou terrenos alagáveis cortados por rios e riachos.

A função dos canais nunca foi escoar água da chuva, sim drenar os terrenos após as chuvas. Nunca tiveram a função de escoar a chuva, devido ao nível baixo dos terrenos em relação ao mar. Além disto, foram feitos em uma época em que a ocupação e a impermeabilização do solo era bem menor do que agora.

A situação pode ter uma pequena melhora nos próximos dias. De acordo com o Simepar, a partir de terça-feira, as chuvas podem acontecer a qualquer hora do dia, mas com menos intensidade. Serão as “pancadas de verão”. As temperaturas também voltam a subir e passam dos 30 ºC até o Natal.

Para o Verão, a previsão é de chuvas um pouco acima da média dos últimos anos e, se isto se confirmar, temperaturas um pouco abaixo. Veja o resumo no quadro abaixo e a previsão completa no link ao lado: Verão 2016 – Simepar
Previsão do Simepar

Fonte Correio do Liotoral

DROGAS APREENDIDAS EM BAR EM SHANGRI-LA

8136_10204588276658663_4387554487298536833_n

Uma abordagem a um bar resultou em prisões no Balneário Shangri-la, em Pontal do Paraná. O caso aconteceu na madrugada de domingo (20).

Quatro pessoas foram detidas e cinco apreendidas por estarem portando entorpecentes. O grupo estava com 114 gramas de maconha e 10 gramas de cocaína, além de 53 reais em dinheiro e 07 aparelhos celulares. O Conselho Tutelar também foi acionado, já quê adolescentes estavam envolvidos na situação

WhatsApp DA GUARDA MUNICIPAL DE PONTAL DO PARANÁ

 

A Guarda Civil Municipal (GCM) de Pontal do Paraná passa a contar com o aplicativo WhatsApp para receber chamados, denúncias e sugestões da população. O sistema foi implantado nesta sexta-feira (18) . O principal objetivo deste sistema operacional é integrar a Guarda Civil Municipal e a sociedade e proporcionar um atendimento ainda mais ágil durante as ocorrências e facilitar o contato com a base da GCM.

As mensagens que chegam pelo aplicativo são acompanhadas de forma imediata pela central de atendimento da Guarda Civil Municipal e repassadas às viaturas que estão em patrulhamento nas ruas. De maneira dinâmica os agentes recebem as orientações e se dirigem até o local do chamado. “O sistema vai facilitar o dia a dia do cidadão e melhorar o sistema de ocorrências”, afirma o Secretário Nelson Mademar.

O suporte oferecido por este software também é integrado com outros setores ligados à Guarda Civil Municipal, como a Defesa Civil, Departamento de Trânsito e Meio Ambiente. Mensagens que sejam destinadas a estes órgãos serão passadas aos responsáveis pelos setores solicitados para que as medidas sejam tomadas.

Para ter acesso ao WhatsApp da Guara Municipal  basta adicionar o número (41) 9133-9777 e contribuir com informações sobre ocorrências e sugestões em relação a segurança. As denúncias feitas serão mantidas em sigilo.

O Prefeito Edgar Rossi acrescenta “que as mensagens serão acompanhadas e respondidas em tempo real aos solicitantes. A expectativa é que os índices de criminalidade do município sejam reduzidos e que haja maior participação da população nas denúncias”.