BRIGA ENTRE IRMÃOS QUASE TERMINA EM TRAGÉDIA EM PONTAL DO SUL

IMG-20160823-WA0011A Guarda Municipal foi acionada pelo 153, para atender uma briga domiciliar na Alameda do Café em Pontal do Sul.

Quando a a viatura chegou ao local da ocorrência constatou que a briga era entre os irmãos  Viviane Peixoto da Silva, 41 anos e Paulo César Peixoto da Silva, 36 anos e que ambos  apresentavam ferimentos possivelmente causado por arma branca.

Ambos foram atendidos no Pronto Atendimento 24 horas e encaminhados para Delegacia de Ipanema para os procedimentos legais.

Toninhas aparecem mortas no litoral do Paraná

Nos últimos dois meses a equipe do Laboratório de Ecologia e Conservação do Centro de Estudos do Mar da UFPR encontrou 10 toninhas encalhadas mortas no litoral do Paraná.

Os animais foram encontrados por monitoramento do Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS) e por informações da sociedade.
As toninhas (Pontoporia blainvillei) são pequenos golfinhos que ocorrem exclusivamente no Atlântico Sul, desde o Espírito Santo-Brasil até a Patagônia-Argentina, principalmente em regiões estuarinas e costeiras. Podem medir até 1,74 m e suas principais características são rostro fino e alongado, nadadeira dorsal pequena e arredondada, e as nadadeiras peitorais curtas e largas (observem nas fotos abaixo).

A população de toninhas que habita o litoral do Paraná é formada pelos menores indivíduos e um macho acima de 1,12 metros é considerado adulto. A taxa de mortalidade é muito preocupante, e no Brasil as toninhas são consideradas criticamente ameaçadas quanto ao risco de extinção. A captura incidental em redes de pesca e a degradação dos ambientes costeiros são os principais impactos negativos sobre a população.
As informações coletadas sobre a toninha são importantes para implementação de medidas de conservação da espécie e do ambiente marinho, adequadas à realidade de cada região. É importante destacar que estas avaliações e dados coletados contribuem com as ações estabelecidas no Plano de Ação Nacional para a conservação da Toninha e com o Consórcio Franciscana.

A avaliação de encalhes de mamíferos, tartarugas e aves são oportunidades para incrementar o conhecimento a respeito das espécies, como parâmetros biológicos (ex. dieta, época reprodutiva), e também sobre a taxa de mortalidade, causas dos óbitos, sazonalidade dos eventos e a relação com atividades humanas, todas informações essenciais para auxiliar na gestão costeira e manutenção da biodiversidade marinha.

*O Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS) é uma atividade dentro do licenciamento ambiental federal do Pólo Pré-Sal da Bacia de Santos pela PETROBRAS, conduzido pelo IBAMA. Esse projeto tem como objetivo avaliar os possíveis impactos das atividades de produção e escoamento de petróleo sobre as aves, tartarugas e mamíferos marinhos, através do monitoramento das praias e do atendimento veterinário aos animais vivos e mortos.

No Paraná o projeto atua em Pontal do Paraná, Matinhos, Guaratuba, Ilha do Mel, Ilha das Peças e Ilha do Superagui.

Fonte Correio do Litoral

Bebê de cinco dias é encontrado dentro de barco de pesca em Matinhos

Um bebê recém-nascido de aproximadamente cinco dias foi encontrado dentro de um barco de pesca em Matinhos, no litoral do Paraná, no último domingo (14). A Promotoria da Infância e do Adolescente está a procura dos pais da criança.

Segundo o promotor Caio Bérgamo, a criança, um menino, foi encontrado pela filha do pescador dono do barco, embrulhado em uma manta. “Quando ela foi dar uma olhada na frente de casa, ela se deparou que dentro do barco, o bebê estava dentro, abandonado”, conta Bérgamo.

Ainda segundo o promotor, o bebê foi levado para o hospital Nossa Senhora dos Navegantes, e depois encaminhado a um abrigo de Matinhos e passa bem. “O bebê foi encontrado bem tarde e no momento que encontrou ela acionou a Polícia Militar e a Guarda Civil, que por sua vez acionaram o Conselho Tutelar. Nós fomos avisados no dia seguinte que essa criança teria sido acolhida por uma casa lar na mesma noite”, conta o promotor.

A promotoria vai procurar junto aos hospitais da região, as declarações de nascidos vivos. Esse é o primeiro passo na procura pelos pais biológicos. A polícia civil também será acionada e se os pais foram encontrados podem responder por abandono de incapaz.

Homem é morto em frente à casa noturna em Pontal do Paraná

13939490_10206034992305650_6849304287591778814_n

Um homicídio foi registrado em frente a uma casa noturna no balneário Praia de Leste, em Pontal do Paraná. Um veículo Palio, de cor prata, passou em frente ao local e efetuou vários disparos contra Peterson da Silva dos Santos, vulgo Pepeu, que era traficante em Matinhos. O autor do crime não foi identificado. Imagens de câmeras do local foram requisitados para tentar chegar a autoria do homicídio.

Miro Ferraz

GUARDA MUNICIPAL RESGATA CORUJA PRETA MACHUCADA

coruja

A Equipe de plantão da Guarda Civil Municipal foi acionada por uma moradora do Balneário Shangri-lá informando sobre uma ave machucada.

Quando os agentes chegaram ao local encontraram a bela ave que estava bem agressiva, pois devia estar com muita dor porque estava com uma asa quebrada.

Então a coruja foi capturada e levada até a sede da GCM onde esta sendo alimentada e amanhã conduzida a Policia Ambiental onde deverá receber atendimento especializado.

coruja1coruja 2

 

CONCURSO PÚBLICO – VAGAS

O Consórcio Intermunicipal do Aterro Sanitário do Pontal do Paraná e Matinhos realiza concurso com 7 vagas para cargos de nível fundamental, médio e superior.

As oportunidades são destinadas aos cargos de Roçador, Operador de Máquinas, Motorista, Balanceiro, Auxiliar de Serviços Gerais, Assistente Administrativo,Advogado, Contador e Engenheiro Ambiental.

Do quantitativo de vagas, 5% serão reservadas aos portadores de necessidades especiais. Os salários oferecidos oscilam entre R$ 880,00 a R$ 5.280,00, por até 44 horas semanais. Veja como realizar a sua inscrição a seguir.

As inscrições no Concurso CIAS-PR 2016 serão realizadas entre 10 horas do dia 15 de agosto às 23h59 do dia 15 de setembro de 2016, no site da organizadora – EXATUS (www.exatuspr.com.br). A taxa de inscrição custará:

Nível Fundamental e Médio: R$50,00; e

Nível Superior: R$100,00.

Avaliações – Os inscritos no concurso serão avaliados por provas objetivas, a serem aplicadas na data prevista de 16 de outubro de 2016, em locais e horários a serem divulgados no site já citado.

A validade do certame será de dois anos, mas pode ser prorrogado por igual período, a critério do CIAS-PR. Os editais e demais publicações no site (http://www.exatuspr.com.br/arquivos/1470846482_edital_abertura_01.pdf).

Fonte : Correio do litoral

OAB lança aplicativo para denúncias eleitorais

A OAB-PR lançou oficialmente na noite desta segunda-feira (08), um aplicativo para smartphone para facilitar denúncias de irregularidades eleitorais, feitas por texto, vídeo ou foto. Irregularidades eleitorais também podem ser feitos pelo e-mail denunciaeleitoral@oabpr.org.br ou pelo telefone 0800-642-9840.

O aplicativo Contra o Caixa 2 pode ser baixado gratuitamente para telefones com sistemas operacionais Android ou iOS. Desenvolvido pela empresa do vice-presidente da OAB/Montes Claro, Hebert Alcântara, o aplicativo possibilita colher e armazenas provas documentais e encaminhá-las à ouvidoria da OAB, que a partir dos dados fornecidos, vai analisar as provas e decidir sobre o oferecimento ou não de denúncia.

“Toda seção tem um comitê físico de recebimento de denúncia. Este comitê recebe as denúncias, faz a análise e a triagem e, caso julgue procedente, encaminha as denúncias para os órgãos competentes para dar prosseguimento a elas”, disse Alcântara.

Segundo ele, como muitas pessoas têm dificuldade de chegar pessoalmente aos comitês da OAB ou têm medo de fazer as denúncias temendo represálias, o aplicativo oferece a alternativa de que as denúncias sejam feitas de forma anônima.

“Além de garantir o anonimato, o aplicativo facilita e aproxima o cidadão dos órgãos envolvidos com a lisura do processo eleitoral, sendo uma ponte entre ele e a OAB.”

A empresa de Alcântara está desenvolvendo um aplicativo nos mesmos moldes para fiscalizar a fraudes na atividade pública em geral, como desvio de recursos, abuso de poder, superfaturamento e outras irregularidades.

Caixa 2

“A iniciativa cria, a partir da utilização do aplicativo, e a partição do MP e do TRE, uma grande rede na advocacia possibilitando um processo mais eficaz de acompanhamento do processo eleitoral para que as regras sejam efetivamente respeitadas e o Brasil não tenha que passar pelo que está passando hoje” disse o presidente da OAB/RJ, Felipe Santa Cruz.

Segundo o presidente, a campanha também busca conscientizar a população sobre condutas irregulares no processo eleitoral. “A OAB obteve, no ano passado, importante vitória no STF [Supremo Tribunal Federal] ao proibir o financiamento de pessoas jurídicas para campanhas eleitorais. Agora, o objetivo é ampliar a vigilância cívica e orientar todos nós, da sociedade civil, sobre o valor do voto”, explica.

Santa Cruz disse também que coibir o caixa 2 é necessário para reduzir a “influência do dinheiro” nas eleições. “Basicamente, o dinheiro é que desequilibra uma eleição. Se um candidato tem milhões e o outro não, eles não estão competindo em igualdades de condições. E um dinheiro declarado tem regras. Pode até ser que um candidato tenha mais recursos que o outro, porque representa um grupo maior da sociedade, agora é preciso que isto esteja declarado, dentro da prestação de contas e que seja fiscalizado pela sociedade”, analisou.

“O caixa 2 nada mais é que o dinheiro ilegal que abastece campanhas em troca de favores mais á frente. Nós pretendemos, com esta iniciativa, fiscalizar tudo que seja destoante. É preciso afirmar para a sociedade que um modelo eleitoral feito de forma descuidada ou ilegal vai desembocar em uma política com mais corrupção”, completou o advogado.