GUARDA MUNICIPAL APREENDE DROGAS NO BALNEÁRIO MARISSOL

IMG-20160525-WA0000

A Guarda Municipal quando realizava patrulhamento no Balneário Marissol, na noite de ontem (25/05) deteve dois indivíduos por porte de drogas.

Com Andrio Fernandes da Silva (foto), 19 anos com o menor (17 anos) foram apreendidas 25 buchas de maconha e 28 pedras de crack.

Os indivíduos e a drogas apreendida foram encaminhas a Delegacia de Ipanema. Foram enquadrados por tráfico de drogas, e Andrio enquadrado também por corrupção de menores.

Em 2015, polícia tirou de circulação 100 toneladas de drogas

https://i2.wp.com/www.seguranca.pr.gov.br/modules/galeria/uploads/5866/Info_Drogas.png

 

Cerca de 100 toneladas de entorpecentes foi tirada de circulação apenas em 2015 pelas polícias Civil e Militar do Paraná. As informações constam no relatório da Coordenadoria de Análise e Planejamento Estratégico (Cape), da Secretaria da Segurança Pública e Administração Penitenciária, divulgado nesta quarta-feira (25).

Os dados incluem as informações das 399 cidades paranaenses em relação às drogas mais comuns. No topo da lista está a maconha, com 95 toneladas – 8,99% a mais do que o registrado em 2014 (87 toneladas). Em relação à cocaína, a polícia recolheu 1,5 tonelada, ou 5,82% a mais do que o ano anterior.

“O combate ao tráfico de drogas é uma das prioridades da nossa gestão”, disse o secretário da Segurança Pública, Wagner Mesquita. “Pela localização geográfica do Paraná, com uma longa faixa fronteiriça, as polícias Civil e Militar estão atentas e têm conseguido interceptar grandes carregamentos de drogas cujo destino são os grandes centros urbanos do país”, avaliou o secretário. “Investimos muito no trabalho de inteligência das nossas polícias para impedir a ação dos traficantes. O relatório comprova que estamos no caminho certo”, completou.

Ele ressalta que as ações sistemática de combate às drogas e prisão de traficantes integram o Paraná Seguro, o maior programa da área da segurança pública da história do Paraná. O programa envolve, além disso, reforço no efetivo das polícias civil e militar, novas viaturas, investimentos em inteligência e novas construção de novas unidades da Segurança Pública no Estado.

DESDOBRADO – Além de maconha e cocaína, também houve aumento em relação ao crack. As polícias apreenderam 1,8 tonelada — o que representa acréscimo de 17,07% ao que foi apreendido em 2014 (1,5 tonelada). Entre as drogas sintéticas, cresceu o número de pontos LSD fora do “mercado”: de 5.099 para 6.981. Os números não computam as ocorrências registradas pela Polícia Rodoviária Federal.

“As polícias têm se desdobrado para trabalhar em cima de grandes traficante e principais entradas de drogas nas cidades do Paraná”, afirmou o delegado titular da Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc), Riad Braga Farhat. “Foi uma determinação do secretário Wagner Mesquita que se empenhasse ao máximo nesse sentido. Combatendo o tráfico, indiretamente se atinge toda uma cadeia de crimes associados, como homicídio, furto e roubo. Esse esforço das secretarias e dos policiais se reflete nos números”, enfatizou Farhat.

O delegado explicou que a polícia tem foco importante na região da fronteira, pois o Paraná, assim como o Mato Grosso do Sul, são as rotas que abastassem os mercados do Sul, Sudeste e Centro-Oeste. “Cada grama aprendido é resultado do trabalho de investigação dos departamentos de inteligência no Estado”, reforçou o titular da Denarc.

TRAJETO – por fazerem parte do trajeto dos traficantes, segundo Farhat, é que algumas cidades despontam com grandes apreensões, como o caso de Cambé, onde a polícia registrou a maior apreensão de cocaína em 2015. Após uma denúncia anônima, a equipe do Núcleo de Londrina da Denarc, em ação conjunta com a Delegacia da cidade, apreendeu cerca de 250 quilos de pasta base da droga. O entorpecente foi encontrado em um milharal, onde também estavam seis pistolas e dez caixas de munição. Estima-se que a cocaína poderia render até R$ 5 milhões ao narcotráfico.

MAIOR APREENSÃO – Da região de Foz do Iguaçu partiu o maior carregamento de ecstasy apreendido de uma só vez no Paraná em 2015. Os policiais militares do Batalhão de Polícia de Fronteira (BPFron) fizeram a abordagem em um ônibus, em Toledo, e encontraram 7.018 comprimidos. O entorpecente seria levado para Curitiba.

Ao todo, 36.112 comprimidos foram apreendidos em 2015. Ainda assim, o ecstasy foi o único entorpecente computado no relatório a registrar redução em relação ao ano anterior. O motivo foi a apreensão recorde na história do Paraná e uma das maiores do Brasil ocorrida em 2014. Em 27 de maio daquele ano, após dois meses de investigação, 80 mil comprimidos foram encontrados em Curitiba e duas pessoas foram presas suspeitas de esquema de tráfico internacional de drogas. Graças a essa ação específica, o montante total chegou a 104.409 em 2014.

GUARDA MUNICIPAL FORMA INSTRUTOR EM ARMAS MENOS LETAL

IMG-20160520-WA0030

A Guarda Civil Municipal de Pontal do Paraná participou do curso de formação de instrutores  de armas menos  letais, ministrado por um Coronel do Batalhão de Operações Especiais (BOPE) do Rio de Janeiro.

O curso foi realizado, nos dias 17 a 19 de maio,  na empresa Condor, no Rio de Janeiro, única fabricante de arma incapacitante no Brasil

O Inspetor Adan, da Guarda Municipal de Pontal do Paraná participante do curso destacou que “que a formação  de instrutores é muito importante para crescimento da Guarda Municipal, e que, certamente os colegas GCMs estarão capacitados para operar as armas Spark. Com um instrutor dentro da própria corporação o treinamento será constante.

A Prefeitura Municipal adquiriu um lote de 10 armas menos letal e munições e está aguardando a liberação do Exército Brasileiro para uso da corporação. A previsão é para segunda quinzena de junho.

spark - foto

GUARDA MUNICIPAL E POLICIA MILITAR EM NOVA OPERAÇÃO CONJUNTA

operação conj2

A Guarda Civil Municipal de Pontal do Paraná realizou na madrugada deste sábado para domingo(22/05) operação conjunta com a Polícia Militar. A intenção é coibir roubos, furtos, vandalismo, ingestão de álcool, lenocínio, uso e tráfico de drogas ilícitas entre outros delitos recorrentes.

O intuito é também o bem estar de todos e principalmente das famílias que frequentam a praças e o comércio, as forças conjuntas realizaram a operação no Balneário Pontal do Sul O resultado foi acima do esperado, e, a partir dos dados apresentados, esta operação seguirá permanentemente em lugares alternados, em todos os Balneários da cidade.

O Inspetor Augusto, da Guarda Municipal, destacou a importância dessa ação conjunta com a PM, bem como a cooperação da população através de denúncias formuladas, auxiliando as ações das forças de segurança.

operação conj1

 

Secretario Nelson Mademar é convidado a filiar-se ao Solidariedade

FRANCISCHINI

O Secretário de Cidadania e Direitos Humanos  Nelson Mademar foi convidado a se filiar ao Solidariedade na noite da ultima terça feira(17/05).

O convite partiu do Presidente Estadual do Solidariedade no Paraná  Fernando Francischini e do Deputado Estadual Felipe Francischini, que acreditam que o secretário vai somar para o partido que hoje tem a maior bancada na Câmara Municipal além de dar mais sustentação à releeição do Prefeito Edgar Rossi.

Com a ida de Nelson Mademar para o SDD certamente deverá compor a próvisoria do partido em Pontal do Paraná.

 

Homem é enquadrado na Lei Maria da Penha após espancar companheira

IMG-20160518-WA0000.jpg

Na noite desta terça feira(17), o indivíduo  Salomão Barbosa, 22 anos foi preso por lesão corporal pela Guarda Civil Municipal de Pontal do Paraná.

Salomão  foi enquadrado na Lei Maria da Penha por ter agredido sua companheira  em via pública, mais precisamente na rua México esquina com Avenida Aníbal Khoury, Balneário Atami.

O fato ocorreu por volta das 20h45. A Guarda Municipal,deu voz de prisão e conduziu o agressor ao Plantão Policial e acionou o SAMU para atendimento a Sra Viviane Peixoto da Silva, 39 anos, pois em função das agressões na região lombar não conseguia se movimentar.

Salomão é bastante conhecido no Balneário de Praia de Leste por suspeita de praticar pequenos furtos e envolvimento com tráfico de drogas.

 

Guarda Municipal e Polícia Militar realizam operação em conjunto

IMG-20160517-WA0015A Secretaria Municipal de Cidadania e Direitos Humanos,  através da Guarda Municipal, participou de uma operação desenvolvida pela Policia Militar, na tarde de hoje (17/05).

De acordo com a Inspetora Nascimento, da Guarda Municipal, o “trabalho em parceira com a PM foi muito importante para adquirir  mais experiência  no trabalho de campo”.

A operação teve como objetivo efetuar abordagens  para  de inibir práticas criminosas em Pontal do Paraná.

Durante a ação, foi apreendido  um veículo e efetuado e revistas pessoais. A operação foi efetuada nos Balneários Canoas, Porto Fino, Primavera, Santa Terezinha, Praia de Leste, Jardim Jacarandá, Canadá e Monções.

O secretário Nelson Mademar, explicou “que  mais operações em conjunto com a Polícia Militar deverão ser realizadas em função do êxito da ação. Essa operação se mostrou de grande importância porque quando trabalhamos de forma integrada, o êxito é maior e o resultado sempre é positivo,e quem ganha com isso é a comunidade”.