PROJETO JUSTIÇA SOCIAL E CIDADANIA

AUDIÊNCIA E REPASSE DE VERBAS DO EDITAL 002/2013  DO CNJ

CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA

PROJETO JUSTIÇA SOCIAL E CIDADANIA

CIMG1627Estiveram presentes neste evento além dos responsáveis pelas entidades, promotor de Justiça Dr. Ricardo Scartezini Marques, Valdinês Aparecida Bertoni Oficial Judiciária, Juíza de Direito da Comarca de Pontal do Paraná Doutora Bianca Bacci Bizetto, Prefeito Municipal de Pontal do Paraná Sr. Edgar Rossi, Secretário Municipal de Cidadania e Direitos Humanos Sr. Nelson Mademar, Diretor Antidrogas Sr. Paulo Amódio, procurador do município Dr. David, representante do Conselho Municipal de Políticas Públicas Sobre Drogas Sr. Luiz Claudio Powrosnek, Claudinei e Katiuscia Davolgio Diretores do CEP – Centro Evangelístico de Pontal.

“A finalidade é beneficiar com recursos entidades assistenciais que apresentem projetos sociais. O repasse deve assegurar a publicidade, transparência, fiscalização e controle desta destinação”, afirmou a Dra Juíza”…. Projetos contemplados: • Associação Nova Vida, capacitará os dependentes químicos na vida profissional, por meio de oficina de marcenaria. • O PATRONATO Penitenciário Municipal foi contemplado com valores também depositados no Fundo Municipal de Pena Alternativas Penais, que terá o dever perante o projeto apresentado, a Ressocialização e Reinserção de dos infratores, crimes de pequena repercussão, resgatando suas dignidades através da realização de cursos diversos. • O Departamento Antidrogas será beneficiado através do Fundo Municipal de Políticas Públicas Sobre Drogas, a responsabilidade de estar realizando com criança e jovens a formação musical de forma lúdica e profissional, agregando valores culturais em suas vidas. • A Guarda Mirim por sua vez auxiliará crianças e jovens em situação de vulnerabilidade social, dando-lhes perspectivas de um futuro através do fortalecimento de vínculos com a sociedade.

Doutora Bianca Bacci Bizetto fez entrega dos alvarás de liberação das verbas dos referidos projetos.

.CIMG1615 CIMG1597

Incentivo para transferência de veículos

emplaca PontalAtualmente circulam em Pontal do Paraná aproximadamente 10.500 veículos, mas boa parte está licenciada em outras cidades brasileiras, ou seja, trafegam com placas de outros municípios.

De acordo com o Código de Transito Brasileiro, esta situação é irregular. Pensando em auxiliar o cidadão de Pontal do Paraná, a Prefeitura Municipal, através da Secretaria Municipal de Cidadania e Direitos Humanos, apresentou a Câmara Municipal dos Vereadores de Pontal do Paraná, um projeto de lei que visa incentivar aos proprietários de veículos registrados em outros municípios a transferi-los para Pontal do Paraná.

O projeto prevê incentivo para transferência de veículos automotores para o município de Pontal do Paraná. Desta forma, quem transferir seu veículo para o município terá seus valores, gastos com a transferência, restituídos no primeiro ano.

Para obter a restituição, o proprietário do veículo, deverá protocolar o pedido na Prefeitura de Pontal do Paraná, apresentando cópia do certificado de propriedade do veículo com endereço no município, cópia da guia de recolhimento do IPVA com registro em Pontal do Paraná, bem como fotocópias de documento com foto e comprovante de endereço.

O valor da restituição será de até 50% do valor recolhido na guia de IPVA, levando-se em conta a reciprocidade que o veículo transferido irá gerar de receita para o município.

O projeto que traz benefícios tanto para o município, quanto para os munícipes que efetuarem a transferência, já foi aprovado pelo poder Legislativo Municipal, e aos interessados, basta dar início ao processo de transferência nos despachantes da cidade.

Assessoria Comunicação

Prefeitura Pontal do Paraná

LINGUIÇA RECHEADA COM MACONHA

linguiça-com-maconha-672x372 O tradicional churrasco de final de semana de uma família em Paranaguá, foi interrompido no último domingo (19) após o corte de um gomo de uma linguiça, do tipo toscana, recheada com uma erva semelhante à maconha. O alimento já havia sido assado na churrasqueira e, ao ser cortado, exalou o odor característico da droga. Ao contrário do recheio esperado para o tipo de linguiça adquirido –carne e gordura suína com temperos– , o interior do gomo estava repleto de erva. Parte do alimento foi recolhido pela Polícia Civil nesta terça-feira (22) para análise. O restante havia sido devorado por uma cadela pertencente à família, após cair no chão. De acordo com Roberto Alves, um dos participantes do churrasco frustrado, a família havia comprado um pacote de um quilo da linguiça e uma peça de alcatra em um supermercado da cidade. A ideia era o preparo de um churrasco para o almoço. Após assar a linguiça, Alves contou que todos se assustaram quando o gomo foi cortado. “O susto fez até o gomo cair no chão e a Nina, nossa cadela, conseguiu abocanhar um pedaço”, disse. Apesar de de ter ingerido a linguiça, aparentemente o cão, sem raça definida, não apresentou qualquer sintoma de consumo da droga. Ana Alves, irmã de Roberto, chegou a fotografar o alimento e postar em sua página em uma rede social. A postagem foi apagada depois. No pacote contendo um quilo, apenas um dos gomos apresentou o recheio inusitado. Os demais eram compostos do recheio tradicional para o tipo toscana. “Mesmo assim, ninguém mais quis comer”, disse Alves. O pacote de linguiça, da marca Frimesa, foi comprado lacrado no supermercado Bavaresco. O UOL tentou ouvir o gerente do supermercado no início da noite de terça-feira, mas o celular estava desligado. A assessoria de imprensa da Frimesa – empresa paranaense que atua no mercado de derivados de lácteos e derivados de carne suína –  também foi procurado por celular, mas a chamada não foi atendida. O delegado-adjunto da 1ª Subdivisão Policial de Paranaguá, Nilson Santos Diniz, determinou a apreensão do que sobrou da linguiça e vai encaminhar o material para análise pericial. De acordo com declarações do Delegado Diniz à imprensa, o recheio encontrado na linguiça é semelhante à maconha, apresentando a textura e cheiro da erva. Ele disse que se o resultado comprovar que a erva é cannabis sativa, vai instaurar inquérito para investigar tráfico de drogas e tentar localizar o local onde a droga foi introduzida no embutido.   FONTE: PORTAL  UOL

DICAS PARA ECONOMIZAR ENERGIA ELÉTRICA

energia_eletricaEconomia de água e de energia caminham juntas. Com a atual situação dos reservatórios de água, o Governo Federal acionou usinas termelétricas para evitar um possível racionamento de energia. Isso significa que, a partir de 2015, a conta de luz poderá vir mais cara.

Além de medidas comuns, como reduzir o tempo no banho e desligar aparelhos sem uso das tomadas, é importante ficar atento à fuga de corrente elétrica. Este é um problema comum nas edificações, porém pouco conhecido e, em várias situações, é um dos principais motivadores do aumento na conta de luz. Uma fuga de corrente elétrica pode causar ainda danos ao equipamento, choques elétricos e até mesmo um incêndio.

Segundo Hilton Moreno, engenheiro eletricista e consultor do Procobre, no caso das instalações elétricas, a fuga da corrente elétrica pode ser provocada, por exemplo, por um cabo sem isolamento em contato com alguma parte metálica.

Mas, como se proteger desses problemas e do gasto adicional de energia e dinheiro? Confira 7 dicas:

1) Certifique-se de que a instalação elétrica não tem fuga. Para isso, apague todas as luzes, desconecte todos os equipamentos elétricos, incluindo relógios, e verifique se o medidor de energia para de girar (modelos antigos) ou seu display não indica consumo algum (medidores mais novos). Caso o medidor continue a indicar consumo, é necessário revisar a instalação.

2) As instalações elétricas precisam passar por revisão e manutenção preventiva realizada por profissional qualificado, no mínimo a cada 10 anos.

3) Antes de fazer qualquer reparo, é importante que seja desligada a chave geral.

4) Nunca conecte vários equipamentos em uma mesma tomada. Isso pode provocar sobrecarga na instalação e perigo de superaquecimento; também provoca uma operação deficiente, possíveis interrupções de energia, curtos-circuitos e danos de longo prazo.

5) Em caso de curto-circuito, desconecte imediatamente o equipamento que o causou e todos os outros, apague todas as lâmpadas e chame imediatamente um profissional qualificado.

6) O equipamento causador do curto deve ser reparado antes de ser colocado em uso novamente.

7) Jamais utilize moedas, fios, lâmina de estanho ou alumínio no lugar de fusíveis e disjuntores.

Baleia jubarte com cerca de 15 metros é encontrada morta na praia de Matinhos

Os moradores de Matinhos, no litoral do Paraná, levaram um susto na manhã deste sábado (18), ao encontrar na praia uma baleia morta. O animal gigante é da espécie Jubarte e, segundo os moradores, deve medir cerca de 15 metros e pesar mais de 40 toneladas.

A baleia foi encontrada no Balnéario Costa Azul, já em estado de decomposição. O biólogo Fabiano Faria Cardoso, morador de Matinhos, disse que o animal deve ter morrido há dias. “O estado de decomposição está bastante avançado. Ela deve ter morrido há alguns dias e a maré a trouxe para a praia. Pelo menos de forma aparente, não há sinais de alguma agressão”, contou o biólogo à Banda B.

Por volta das 13 horas, um trator da prefeitura começou a recolher o animal. Até o momento, ninguém sabe como a baleia morreu.

baleia